Aguarde

Novos tempos pedem novas propostas e soluções.
Inclusão, currículos adaptados, atividades diferenciadas são a tônica do trabalho atual do professor que precisa atender individualmente todos os seus alunos.
E se você encontrasse numa só pesquisa, uma variedade de atividades sobre o mesmo tema, em diferentes níveis de aprofundamento?
Vem aí, os NOVOS DISCOS VIRTUAIS...
Aguarde!

EDUCAÇÃO INFANTIL - O jogo dos gestos

Não é somente a palavra falada que tem o dom de comunicar.
Um gesto, um olhar, um muxoxo, um sorriso, uma carranca, o choro...
são expressões que dizem muito...talvez mais do que simples palavras...
mas os gestos também acompanham as palavras, para reforça-las.
Quase sempre a fala é acompanhada de gestos e muitas vezes os gestos substituem a fala.
Antonio Henrique Weitzel, relaciona alguns dos gestos mais utilizados na comunicação.
Vejamos alguns:
--> As mãos postas, como prece, são um pedido de perdão, de súplica.
-->O braço erguido como o dedo indicador apontando para cima e os demais fechados, é um pedido de licença, de permissão.
-->O estalar dos dedos médio e polegr é chamamento de atenção ou indicação de muito tempo decorrido.
-->Braço esticado com a mão espalmada para baixo e balançando significa "mais ou menos".
-->Esfregar depressas as palmas das mãos uma na outra é sinal de satisfação e tambem de frio.
-->Cruzar as duas mãos, erguendo-as à altura da cabeça, é indicação de alegria, de vitória, felicidade.

EDUCAÇÃO INFANTIL - jogo cama de gato


NEGÓCIOS - o final do ano está chegando...

Pouco mais de 100 dias te separam do Natal...
Bem sabemos que nesta data comemoramos o nascimento de Jesus Cristo mas bem da verdade, o costume de presentear as pessoas queridas transformou a data na melhor época para o comércio e

acredito que você também faça sua contribuição recebendo e dando presentes...

Em seguida o Ano Novo, férias e as tradicionais contas de início de ano: IPVA

IPTU

materiais escolares para as crianças...

Já notou como essa é a época onde mais se gasta?

E no entanto, se você tem um emprego formal, conta apenas com um décimo terceiro salário para dar conta de tudo isso ou então usa

cartão de crédito,cheque especial ou faz empréstimos que comprometem o orçamento do ano que nem chegou ou mal começou!

Já dizia Chico Xavier:

“Para ter algo que nunca teve, faça algo que nunca fez!”

Não perca mais tempo!
Aproveite seu tempo livre para mudar sua vida!

Eu, há 58 dias atrás disse SIM à FR Promotora e já ganhei:

O trabalho é extremamente simples:
—>fazer divulgação dos serviços da empresa:

.empréstimos
.seguros
.planos de saúde e previdência privada

E ganhar comissões!

—>divulgar a oportunidade de negócios de trabalhar com a

empresa e formar sua equipe de divulgação.

Você ganha comissões na entrada de novos divulgadores em sua equipe e acumula renda fixa no plano de marketing!
Como posso fazer isso?

Tem certeza que não conhece ninguém que também gostaria de uma renda extra para sair do sufoco, formar uma reserva financeira ou simplesmente ter uma vida melhor?Que tal falar desse negócio para elas?
Tem acesso à internet? Que tal divulgar gratuitamente em espaços que podem ser vistos por pessoas do Brasil inteiro?

É simples assim!

Esse plano de renda extra existe desde 2004 e a empresa já conta com mais de 10.000 divulgadores Brasil a fora! Pessoas como eu, que não tiveram medo e estão ganhando dinheiro trabalhando dentro de casa!

Ainda dá tempo de começar agora e ganhar um extra para o final do ano...

Ative seu cadastro e aproveite os benefícios de fazer parte de uma

equipe de vencedores!

Vencedores porque disseram NÃO para o comodismo e estão à mudar a sua vida!!!!!

E a contagem regressiva já começou! Vamos juntos!!!!!

Abraços e boa semana



Juliana

FR Promotora

www.frpromotora.com/juliana4446







EDUCAÇÃO INFANTIL - o trabalho com natureza e sociedade


A relação da criança pré-escolar com os fenômenos naturais e sociais pode ser sintetizada numa única palavra: curiosidade.
É a partir dessa vontade de conhecer que o trabalho escolar deve ser planejado.
Muitos são os temas pelos quais as crianças se interessam: pequenos animais, bichos de jardim, dinossauros, tempestades, tubarões, castelos, heróis, festas da cidade, programas de TV, noticias da atualidade, historias de outros tempos, etc.As vivências sociais, as historias, os modos de vida, os lugares e o mundo natural são para as crianças parte de um todo integrado.
O conhecimento do mundo é transmitido à criança desde o seu nascimento: quando se diz o nome e se explica a função dos objetos, está implícita aí uma historia acumulada socialmente; quando se leva a criança a um passeio pela rua, ela está sendo apresentada à construção social dos espaços, o toque do médico que examina é muito diferente das carícias e brincadeiras da mãe, e esse exame já lhe dá parâmetros para começar a conhecer seu proprio corpo; a alimentação diária, a comemoração do aniversário e a convivência familiar em geral são momentos ricos em transmissão cultural e de valores. A todo momento o saber lhe chega, de forma não-sistematizada.
À escola cabe propiciar a ampliação e a sistematização desses conhecimentos, convidando a criança a participar de descoberas, abrindo-lhe oportunidades de desenvolver suas capacidades, orientando-a a olhar para um e outro lado,dando-lhe oportunidade de refletir, experimentar e formular hipóteses.Esse nao é, no entanto, um caminho solitário. O ambiente escolar é um ambiente coletivo  -de convivencia, discussao, confronto, competição e colaboração, o que torna ainda mais enriquecedor o processo de construçã do conhecimento, mas também envolve questões ligadas a valores: ética, honestidade, disciplina, companheirismo, solidariedade, persistência e respeito.
É esse o enfoque que devemos buscar.
Muitas vezes utilizamos os conteudos como  pretexto para discutir questões mais importantes.
Pouco sentido faz para a criança dessa faixa etária a divisão do tempo escolar em materiais (Ciências, istoria,Geografia, Matemática, Lingua Portuguesa). O conhecimento, para ela ainda não é algo compartimentado. A curiosidade é uma só, e em poucos segundos passa da quantidade de estrelas que existem para a cor dos olhos dos gatos. Como "encaixotar" o conhecimento nessa fase?
A organização do conteudo, nesse sentido, serve como um roteiro basico, nem sempre claramente delimitado a uma unica area. É frequente por exemplo, que um mesmo tema seja abordado em mais de uma disciplina, sob pontos de vista diferentes, ou que dentro de uma mesma disciplina o trabalho se amplie, englobando conceitos de outras áreas.
Há no entanto, alguns eixos que se mantêm em todas as sugestões para trabalhar os conteudos das três áreas (Ciências, Historia e Geografia) e que lhe dão coerencia e continuidade. Um deles é a preocupação em tornar presente e valorizar a heterogeneidade.Em todas as circunstâncias, consideramos a diversidade cultural, religiosa e social, as variações na composição familiar, as preferencias e ideias individuais.Outro eixo: nas três areas, mostramos a importancia de regras de convivencia e estimulamos a colaboração e a construção da afetividade.
Nossa proposta está calçada na formação de conceitos e valores: apresentar alternativas à sociedade de consumo, que gera constante insatisfação, valorizar os trabalhos manuais tanto quanto os intelectuais, compreender o homem como parte do meio ambiente, estimular no aluno a autonomia e a visão critica, despertar na criança a consciência da responsabilidade sobre o cuidado com seu corpo, permitir o acesso a produções da cultura popular vetadas pela midia e contribuir para a formação de um cidadão atuante.
No dia-a-dia da sala de aula é importante ter sempre em mente a necessidade de contextualização dos temas tratados.Stuações presentes na vida do aluno, como a vacinação, a consulta ao dentista ou ao pediatra, a compra de um brinquedo ou dificuldades financeiras, podem ser temas geradores de uma atividade de reflexão em sala de aula.
O trabalho com Ciências, Historia e Geografia, desse modo, vai muito além do aprendizado de meros conteudos, embora eles estejam presentes, porque acreditamos na responsabilidade da escola na formação de cidadãos, mais do que na transmissão de conhecimentos.

EDUCAÇÃO INFANTIL - o mestre mandou

Para a fixação das noções de posição, organize os alunos sentados em uma fila para um jogo que explora as noções de posição.
Convide os alunos para brincar de "O mestre mandou", perguntando:"Voces farão tudo o que o mestre mandar?"
Depois que os alunos responderem "sim", faça as seguintes solicitações:
.o primeiro da fila, dê um assobio.
.quem está logo atrás do primeiro da fila, levante a mão.
.quem está logo na frente do primeiro, fique de pé. (Neste caso, nenhum aluno deverá responder à ordem).
.que o ultimo da fila diga um verso bem bonito.
.quem está logo na frente do ultimo, deve bater palmas.
.quem está logo atrás do ultimo da fila, levante a mão. (Neste caso, nenhum aluno deverá responder à ordem).
.fique de pé quem está entre a Maria e o Caio.
.faça "tchau" quem está logo atrás de Juliana.
.diga o nome completo quem está logo na frente de Marcelo.
invente outras ordens e continue a brincadeira enquanto os alunos demonstrarem interesse.

EDUCAÇÃO INFANTIL - jogo da memória com metades

Este jogo pode ser jogado individualmente ou em grupo.
Reproduza jogos como este, no qual as metades de uma figura estão em cartas diferentes.
Embaralhe as cartas e vire-as de cabeça para baixo sobre a mesa.
Cada jogador, na sua vez, desvira duas cartas.
Se formar a figura inteira ele recolhe as cartas.
Se não, torna a virar as cartas, deixando-as na mesma posição.
O jogo prossegue até que todas as cartas da mesa tenham sido recolhidas. Ganha o jogo quem tiver conseguido mais figuras.

MATEMÁTICA - situações problemas com sequencias