MAQUININHA PAGSEGURO

Aumente suas vendas aceitando débito e credito.
Compre em condições especiais pelo link:
Mostrando postagens com marcador Projetos e Planos de Aula. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Projetos e Planos de Aula. Mostrar todas as postagens

PROJETO - higiene


A idéia é iniciar o projeto numa "rodinha" - conversar com as crianças informalmente de forma a deixar que expressem suas opiniões e conhecimentos prévios sobre o tema:

. Quem lava as mãos?
. Quando vocês lavam as mãos? ( Antes das refeições, ao usar o banheiro, ao sujar as mãos, ao chegar em casa )
. Alguém sabe por que é importante tomar banho?
. E escovar os dentes?
. E lavar e pentear os cabelos?
. E cortar as unhas? (Deixar que as crianças respondam, intervindo e orientando para que organizem as idéias que, certamente, já possuem.)
. Quem faz tudo isso?
. Quem não gosta de fazer algum desses hábitos de higiene? Qual? Por que? (Discutir com a turma as respostas)
. É bom ficar doente? (Deixar que as crianças respondam)
. Para termos saúde, temos que cuidar muito bem da higiene! Quem sabe o que é higiene? (Deixar que as crianças respondam)

Nós vamos durante alguns dias aprender o que é higiene. (É importante que as crianças cheguem a conclusão de que estão começando a aprender sobre saúde e higiene e se estimulem. Para tal, o professor será o dinamizador, criar expectativa, incentivar, criar um ambiente propício.)

Observação: É legal que a professora registre num blocão as respostas e frases interessantes das crianças, que surgirem durante a conversa sobre o tema.

Ainda estimulando os alunos...

A música é um excelente recurso para criar um ambiente estimulante para o início do projeto. Seguem sugestões de músicas – O professor deve escolher de acordo com o conhecimento que tem de seus alunos, procurar adequar a(s) música(s) ao estilo preferido das crianças.

1 – Sei cuidar de mim: (Melodia: Meu pintinho amarelinho)
Quando eu era um bebezinho
não fazia nada assim
Agora eu estou crescidinho
Já sei cuidar bem de mim!
Tomo o meu banho sozinho
Escovo os dentes direitinho
Lavo sempre as mãozinhas
Antes das refeições.

2 – Sempre Limpinho:
De manhã cedinho,
Tomo meu banho,
Me enxugo bem,
Escovo os dentinhos,
Penteio os cabelos,
E me visto bem.
Vou para a escola
Sempre limpinho,
Sapatos engraxados,
Cabelos penteados
Vou de mão dada
Com meu amiguinho.

3 – Escovando os dentes: (Melodia: Marcha Soldado)
Minha querida escovinha
Vai pela boca escovando
Vai meus dentinhos limpando
E branquinhos vão ficando.
Escova, escova, escova
Minha escovinha
Limpa, limpa,limpa, Com a pastinha!

4 – Lavar as mãos:(Melodia: Ciranda Cirandinha)
Cai a água da torneira
Faz espuma com sabão
Pra comer a comidinha
Vou lavar as minhas mãos.

5 – Cuidando do ambiente:(Melodia: O Cravo brigou com a rosa)
Eu peguei todo o lixo
E joguei na lixeira
Minha mãe eu ajudo
Na escola sou a primeira.

Brincadeiras: Num segundo momento proponho que brinquem de dramatizar os hábitos de higiene e a cada brincadeira cantem uma música correspondente.

Pesquisa: Procurar em casa, com a ajuda do papai e/ou da mamãe, músicas, rimas, poesias, fotos, gravuras, caixas de sabonetes, pastas de dentes e outros objetos que auxiliam a cuidarmos de nossa higiene - Tudo que for conseguido deve ser levado para sala de aula onde o professor poderá criar inúmeras atividades com os materiais, o que transforma a aprendizagem em algo bem mais significativo.

 

PROJETO - alimentação para Educação Infantil


TEMA: verduras e legumes.
DURAÇÃO: março a novembro
PÚBLICO ALVO: Jardim

JUSTIFICATIVA:Por meio, da ação continua e gradual deste projeto, pretendendo fazer com os alunos descubram o valor de uma alimentação saudável, a importância da plantação para a raça humana, e a necessidade de plantarmos para colhermos, ou seja, não fazer do ato de se alimentar uma obrigação, e sim um hábito prazeroso, saudável e nutritivo.

OBJETIVOS:
Identificar diferentes tipos de alimentos;
Desenvolver a atenção e a percepção;
Estimular a criatividade e a imaginação;
Desenvolver o senso crítico;
Desenvolver a cooperação em grupo na elaboração de um plantio saudável;
Desenvolver a coordenação motora, os sentidos, as habilidades e opiniões opostas;
Trabalhar com as crianças o respeito para com a natureza e consigo mesma;
Conhecer as cores, formas, texturas, aromas e sabores, por meio, dos alimentos;
Desenvolver a consciência da necessidade de uma boa alimentação;
Conscientizar os alunos sobre a importância e os motivos pelos quais nos alimentamos;
Adquirir cuidados com a saúde e higiene;
Levar o aluno a encarar a necessidade de comer legumes, verduras e frutas como uma opção de saúde;
Aprender a plantar e colher;
Classificar e diferenciar os legumes, frutas e verduras;
Compreender o valor nutritivo dos alimentos;
Diferenciar quais as partes dos alimentos que ingerimos (raiz, folhas e frutos);
Estabelecer as diferenças entre doce, salgado e azedo.

CONTEÚDOS:
• Jogos e brincadeiras;
• Musicas e dança;
• Histórias e cantinhos;
• Plantio de diversas mudas;
• Terrário;
• Boneco de alpiste;
• Horta de garrafa pet;
• Culinária;
• Listas;
• Preservação de nosso viveiro (coleta de lixo);
• Construção com sucatas;
• Dobraduras, recortes, pintura;
• Fantoches de frutas, legumes;
• Experimentos;
• Quebra-cabeça;
• Jogo da memória e dominó;
• Bingo de frutas;

• Atividades orais e escritas;
• Confecção de livro (mundo maravilhoso)
• Técnicas de pintura;
• Máscaras;
• Massinha de modelar;
• Criação de esculturas (legumes e elementos tirados da natureza);
• Brincadeiras de feira e supermercado;
• Painel de frutas, verduras e legumes;
• Textos: parlendas, contos, adivinhas, trava-língua, rimas, poemas e receitas;
• Exposição das telas (Tarsila do Amaral);
• Passeio: a feira, ao bosque, ao horto florestal.

MATERIAIS UTILIZADOS:
• Papel (sulfite, cartolina, bubina, cartão, fantasia, crepom, laminado);
• Giz de cera e de lousa;
• Sucata (garrafa pet);
• Tesoura, cola, guache, lápis de cor, caneta hidrocor;
• E.V.A;
• Mural e cartazes;
• Horta (viveiro);
• Sementes e mudas (legumes, verduras, frutas);
• Pinturas;
• Desenhos;
• CD de músicas;
• Livros pedagógicos;
• Pote de vidro (terrário);
• Tela;
• Sala de aula, pátio, sombras das árvores, passarela, parque e outros;

CULMINÂNCIA: Feira do verde, onde poderemos expor toas as nossas plantações (viveiro) com degustações tiradas direto da terra.

AVALIAÇÃO: Contínua através da participação e interesse dos alunos.

BIBLIOGRAFIA:
• Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Ministério da Educação e Desporto. Brasília, 1998.
• Coleção Novos Caminhos: Formação Continuada na sala de aula. São Paulo: DCL, 2006.
• Revista Projetos Escolares: Educação Infantil.
• Revista Guia Prático do Professor de Educação Infantil.

 

PROJETO - educação alimentar


Tema: Oba! Hoje é dia de fruta!
Temo previsto: Dois meses (3 e 5 feiras)
Turma: Maternal (2 e 3 anos)

Objetivos:
•Incentivar aos bons hábitos alimentares;
•Identificar as preferências alimentar dos alunos;
•Conscientizar os alunos sobre a importância e os motivos pelos quais nos alimentamos;
•Reconhecer os alimentos que faz bem à nossa saúde dando ênfase as frutas;
•Identificar cores, textura e os diferentes sabores das frutas.

Atividades:
•Experimentar todas as frutas separadamente
•Confeccionar cartazes e registros
•Trabalhar com as frutas de plástico
•Brincar com teatro de varas das frutas
•Fazer receitas com as frutas (Vitamina de banana, Suco de laranja, Bolo de casca de maçã, Musse de maracujá, Danone de morango, Sacolé de uva e Espetinho de fruta com chocolate)
•Pintura à dedo
•Classificação das frutas quanto a cores e tamanho

Culminância: Confecção de um livro gigante com registro de todas as atividades realizadas durante o projeto. Anexar fotos, registros de fala, desenhos, colagens, receitas e pesquisas.

 

PROJETO - semana da alimentação


Brincando com os alimentos
Descrição:
O presente projeto tem como objetivo abordar e discutir assuntos relacionados à alimentação saudáveis a partir dos 2 anos de idade, ampliando os conhecimento dos educandos sobre o tema.
Duração: 3 meses
Destinado aos alunos de Educação Infantil.
Justificativa:
A fome será, provavelmente, o maior problema político e moral que as ciranças deverão enfrentar como lideres de seus pais no futuro.No Brasil, a fome é uma questão para ser discutida na escola. E a discussão começa pela situação de vida dos alunos e seus direitos e deveres como cidadãos.
As crianças precisão conhecer a realidade da fome no Brasil e no mundo. Esse papel cabe aos educadores, que devem preparar seus alunos para a construção de uma sociedade mais igualitária, em que as pessoas tenham não apenas o direito, mas as condições necessárias para usufruir de uma alimentação equilibrada qualitativa e quantitativamente.

Objetivos:
 Incentivar aos bons hábitos alimentares;
·
· Identificar as preferências alimentar dos alunos;
 Concientizar os alunos
· sobre a importãncia e os motivos pelos quais nos alimentamos;
 Reconhecer os
· alimentos que faz bem à nossa saúde;
 Identificar cores, textura e os
· diferentes sabores dos alimentos.

Procedimentos: Será desenvolvido em 12 aulas assim distribuídas:
1ª aula: Assunto - Frutas
Salada de frutas para degustação
Pintura à dedo
Contagem de frutas, cores, tamanho

2ª aula: Assunto - Verduras
Confecção de carimbos com batata
Explorar com s verduras cores e texturas

3ª aula: Assunto - Legumes
Fazer com os alunos uma sopa utilizando cenoura, chuchu, beterraba, batata
Colagem com papel camurça.

4ª aula: Assunto: Rótulos
Trabalhar com os alunos rótulos de embalagens de alimentos
Utilizar as embalagens trazidas pelos alunos e montar um mural com informações de cada alimento.

5ª aula: Assunto: Hortaliças/ Higiene com os alimentos
Montar uma horta na escola
Junto com os alunos lavar os alimento e mostrar os cuidados que devemos ter com os alimento Lavar antes de comê-los, comer alimentos naturais e saudáveis.
Fazer a degustação de tomate, alface, cenoura

 

Atividades de desenho.

6ª aula: Assuntos - Vitaminas
Explorar com os alunos as frutas que serão utilizadas na vitamina - banana e maçã.
Trabalhar a importância do leite no desenvolvimento da criança.

7ª aula: Alimentos não - saudáveis
Mostrar que alguns alimentos devem ser consumidos com moderação
Confeccionar um mural com esses alimentos e registrar os comentários no blocão
Exemplos de alimentos que devem ser consumidos com moderação: pirulito, chiclete, balas, doces, refrigerantes, entre outros.

8ª aula: Assunto - Derivados do Leite
Trazer para sala queijos, leite e iogurte e explorar a importância desses alimentos
Utilizar embalagens de leite e confeccionar brinquedos com os alunos.

9ª aula: Assuntos - Cereais e Massas
Explicar que alguns alimentos são importantes em nossa dieta, mas que devem ser consumidos uma vez ao dia.

10ª aula: Assunto - Higiene Pessoal
Explicar para os alunos que a higiene pessoal é necessária para se ter uma boa saúde
Trabalhar com os alunos os cuidados que devemos Ter: beber água filtrada, cortar as unhas, lavar sempre as mãos antes das refeições, escovar os dentes após as refeições, praticar esporte.

11ª aula: Assunto - Alimentação Saudável
Apresentação de teatro de fantoches
Mostrar tudo que foi trabalhado pelas professoras durante as aulas.

12ª aula: Assunto - Lanche Gostoso
Os alunos trarão um lanche nutritivo e saboroso para fazer um grande piquenique coletivo

Experiências Interessantes:

Dando continuidade ao projeto "Brincando com os alimentos" foram realizadas várias atividades: Apresentação teatral, "Sopa de Pedra", enfocando a importância dos alimentos para manter uma vida saudável, na qual os alunos participaram com entusiasmo.

Degustação das frutas, explorando cor, tamanho, espessura e o sentido (paladar). Cada turma desenvolveu as atividades de acordo com nível escolar.
Apresentamos aos alunos diferentes tipos de legumes e verduras. Os quais puderam observar na palestra quais suas funções, vitaminas e nutrientes. Depois, para complementar a atividade, os alunos tiveram a oportunidade de degustar uma gostosa sopa de legumes e verduras.

 

PROJETOS E PLANOS DE AULA - meio ambiente


Projeto: "Dedo verde"


 

Público alvo:

De berçário I à jardim II

 

Autores:

Toda equipe docente e coordenadora pedagógica

 

Justificativa:

O projeto de Educação Ambiental é uma das metas de trabalho de nossa escola, tendo como princípios a concepção do meio ambiente em sua totalidade, considerando a interdependência entre o meio natural , o sócio-econômico e o cultural, sob o enfoque da sustentabilidade.


Objetivos Geral:

Estimular a participação de professores, funcionários, pais e alunos resgatando e fortalecendo a responsabilidade pelas questões ambientais. O envolvimento da escola com o tema educação ambiental gera a necessidade de conhecimento e informação para que se possa desenvolver um trabalho adequado com as crianças.


Objetivos Específicos:

·         estimular a implantação de um viveiro de mudas e arbonização na escola;

·         reduzir, reciclar, repensar, reutilizar;

·         sensibilizar o aluno sobre as questões ambientais, através da arte e das brincadeiras;

Projetos por turmas:

·         Berçário I – Projeto Soprinho (ar);

·         Berçário misto - Projeto Passos Molhados (água);

·         Berçário II - Projeto Mãos à Terra;

·         Maternal I A e B - Projeto Cházinho;

·         Maternal II A e B - Projeto Sementinha;

·         Jardim I A e B - Estação das Flores;

·         Jardim II A e B - Salada, saladinha (projeto complementar de artes “Tarcila”).

Culminância


Construção de um viveiro, nos fundos da escola, com a participação de todas as turmas, sob orientação das educadoras , pais e colaboradores desta escola e “Mostra Pedagógica” como forma de mostrar todo processo do projeto do ano letivo.

 

Bibliografia

·         Referencial curricular nacional para a educação infantil/ Ministério da Educação e do Desporto.

·         Educação Ambiental com crianças pequenas – Relato de Experiência – seção Cotidiano (pesquisa Google).

·         Instituto “o direito por Um Planeta Verde” Legislação – Lei nº 9.798, de 27 de abril de 1999.

 

 

 

 

 

Berçário I

Projeto: "Soprinho"


Tema: Ar (o fôlego da vida)

 

 

Público alvo: berçário I (crianças de 3 meses a 9 meses)

 

Autores:

 

Justificativa: este trabalho visa possibilidade as crianças a ter seu primeiro conceito de ar, vento, a qual faremos experiências e brincadeiras. Como poderemos usar o ar em nossas brincadeiras, qual brinquedos precisam de vento para funcionar.


Objetivos: ajudar às crianças a aprender através de situações lúdicas, conhecendo o meio em que vivem.

 

Conteúdos: ar e vento, clima

 

Materiais utilizados:

·         bexigas;

·         Cartazes,

·         Cata-vento,

·         Papeis diversos,

·         Brinquedos.

Culminância: festa da bexiga, Cata-vento


Bibliografia:

·         Referencial Curricular para a educação Infantil

·         (MORENO) Jean Carlos, (JUNIOR) Antonio Fontoura Coleção Vitória Regia; estudos sociais.

·         Fonte internet

 

 

 

 

Berçário Misto

Projeto: "Passos Molhados"


Tema: Água

 

 

Período: de fevereiro a dezembro

 

Público Alvo: Berçário Misto (crianças de 9 meses à 1,04)

 

Autoras:


Justificativa:

Vemos a necessidade da água como um elemento indispensável para nossas vidas, nossa saúde e para o meio em que vivemos.

 

Objetivos:

·         Explorar o meio ambiente;

·         Ter contato com a água, explorando-a;

·         Valorizar sua importância para os seres vivos;

·         Manifestar interesse e curiosidade por esse elemento;

·         Estabelecer contato com pequenos animais aquáticos;

·         Reconhecer os principais estados da água (liquido, sólido e gasoso) e suas diferentes temperaturas.

Conteúdo:

·         Conversa sobre a água;

·         Banho diário – banho de piscina;

·         Brincadeiras com água;

·         Sensação (gelo);

·         Observação da chuva;

·         Histórias relacionadas à água, ao meio ambiente;

·         Registrar nosso trabalho.

Materiais utilizados:

1.   Livros de histórias;

2.   Gelo;

3.   Água;

4.   Tintas;

5.   Pincéis, espumas, rolinhos para pintura;

6.   Diversos papéis;

7.   Bexigas;

8.   Pratinhos de papelão.

Culminância

Confecção de um aquário.

 

Avaliação

 

A avaliação será constante (todos os dias) observando a curiosidade, o envolvimento e o interesse das crianças pelo meio ambiente e pela água.


Bibliografia

 


Livro: REFERENCIAL CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL - SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO INFANTIL.

 

 

 

 

 

 

Berçário II

Projeto: "Mãos a Terra"


Tema: Terra


Público alvo: Berçário II crianças de 1 a 2 anos

 

Autoras:


Justificativa:

Observamos a necessidade de inserir as crianças na conscientização do meio ambiente e sua preservação , conhecendo assim seus elementos principais.

 

Objetivos:

Explorar o meio ambiente para que os alunos possam estabelecer contato com o solo e pequenos animais, manifestando curiosidade e interesse:

·         Observar o desenvolvimento das plantas;

·         Reconhecer o solo como um ambiente onde habitam seres de várias espécies;

·         Reconhecer a importância do solo para as plantas;

·         Valorizar a preservação do meio ambiente.

Conteúdos:

·         Terra;

·         Água;

·         Seres vivos;

·         Meio ambiente.

Materiais utilizados:

·         Terra;

·         Água;

·         Mudas e/ou sementes de plantas, flores e verduras;

·         Vasos, latas e garrafas descartáveis;

·         Livros, sulfite, giz de cera, guache etc.

Metodologia:

·         Roda de conversa sobre as plantas e os seres vivos;

·         Passeio pela unidade escolar vivenciando o meio ambiente, estabelecendo contato com o solo, as plantas e pequenos animais;

·         Preparar a terra para semear e/ou plantar flores, verduras.

Culminância: Colher as verduras, preparar uma deliciosa salada, auxiliando os alunos na sua preparação e saboreá-la juntamente com a refeição do dia.


Bibliografia:

·         Site www.faber_castell.com.br

·         Referencial Curricular de Educação Infantil

·         Revista Nova Escola/Editora Abril

 

 

 

Maternal I A e B

Projeto: "Cházinho"


Tema: chá, cheiro e curas ( plantas medicinais)

Autores:

 

Justificativa:

Vemos a necessidade de mostrar para as crianças a importância que as plantas tem em nossa saúde como a prevenção e até cura de algumas doenças.

 

Objetivo:

1.   Conscientizar a importância do uso de plantas medicinais à saúde;

2.   Valorizar recursos naturais;

3.   Preservar o ambiente, cuidar das plantas.

Conteúdos:

·         A importância das plantas medicinais para a saúde;

·         O trabalho com a terra;

·         A semente, o começo de tudo;

·         Os elementos para a planta ( alimantaçao da palnta)

·         As ervas medicinais prontas (chá)

Materiais utilizados:

·         Sementes ou mudas;

·         Terra e água;

·         Utensílio para a plantar as plantas;

·         Pazinhas.

Culminância

A planta já plantada e o chá.

 

Bibliografia:

·         Alimentos Saudáveis “Guia pratico para uma alimentação rica e saudável” .

·         SPETHMANN (Carlos Nascimento); Medicina alternativa de A a Z ; 6ª edição: julho de 2003.

 

 

 

 

 

Maternal II

Projeto: "Sementinha"

TEMA: Hortaliças

 

ÁREAS: Artes visuais, linguagem oral e escrita, matemática, natureza e sociedade e identidade e autonomia

 

AUTORAS:

 

LEITORES: Professores, alunos, pais e toda comunidade escolar envolvida

 

JUSTIFICATIVA

A promoção da saúde permite que as pessoas adquiram maior controle sobre sua qualidade de vida. Através da adoção de hábitos saudáveis, não só os indivíduos mas também suas famílias e comunidade se apoderam de um bem, um direito e um recurso aplicável a vida cotidiana.

Portanto este projeto propõe ampliar o conhecimento dos alunos, ensinando a cada um a cuidar melhor da alimentação, pois, enxergamos que uma das melhores formas de promover a saúde é através da escola.

 

OBJETIVOS:

Estimular a criança a ter uma alimentação equilibrada e balanceada com hábitos alimentares saudáveis, evitando assim doenças e promovendo um bom desenvolvimento físico, psíquico e social.

Oferecer atividades de experimentação com: cheiro, gosto, duro, mole, quente, frio, cores e espessura.

 

CONTEÚDO:

·         Proteção a saúde enfatizando os nutrientes de cada hortaliças, evitando doenças causadas por má alimentação.

·         Orientação sobre cuidados de armazenamento e higiene ao preparar os alimentos.

·         Preparação da terra(adubação).

·         Nutrientes necessários para a planta.

·         Contato com a terra.

·         Utilização de sucatas para o plantio tais como, caixas e saquinhos de leite, garrafas descartáveis, latinhas.

·         Preparação de alimentos (degustação)

·         MATERIAIS UTILIZADOS:

·         Papéis e tintas de diversas cores;

·         Sucatas;

·         Cola;

·         Tesoura;

·         Fita crepe;

·         Espaços na escola para a implantação de horta;

·         Sementes e mudas;

·         Adubo.

·         PROCEDIMENTO;

·         Propiciar a ampliação destes conhecimentos, convidando a criança a participar de forma lúdica e prazerosa de atividades de culinária: preparando salada e suco por exemplo.

·         Orientação sobre a importância das hortaliças na medicina alternativa.

·         Passeios em grupos por locais onde haja horta, para que as crianças possam conhecer e apreciar

ainda melhor as hortaliças.

·         VALIAÇÃO: Participação, interesse e desempenho nas atividades desenvolvidas.

·         CULMINÂNCIA: Implantação de horta com participação das crianças.

·         BIBLIOGRAFIA:

·         Livro: “Jogos, projetos e oficinas”

·         “Medicina alternativa de A a Z”.

·         “Referencial Curricular Infantil”.

·         Internet: www.unb.br

 

 

 

Jardim I A e B

Projeto: “Estação das Flores”



PÚBLICO ALVO: Jardim I A e I B.


AUTORAS:

 

JUSTIFICATIVA:

Vivenciar a alegria da estação com a presença multicolorida das flores, levando a criança a contemplar as suas maravilhas e o bem-estar que a convivência da natureza proporciona.

 

OBJETIVOS:

·         Trabalhar a percepção tátil, a coordenação motora fina e grossa, as linhas, as cores, os aromas, as medidas, os numerais, formas, texturas e as conseqüências.

·         Despertar o interesse pela preservação do meio ambiente, assim como as formas de vida e sua sobrevivência.

·         Observar o meio natural (Fotossíntese), desenvolvendo a curiosidade e a prática investigativa de cada criança.

CONTEÚDO:

·         Atividades orais e escritas;

·         Plantio de diferentes mudas;

·         Floreira;

·         Jogos: Quebra Cabeça, Jogo da Memória, Dominó e Bingo de Flores;

·         Brincadeiras;

·         Músicas e Danças;

·         Móbiles;

·         Culinária (apresentação de chá);

·         Pinturas, Dobraduras e Recortes;

·         Matérias recicláveis (sucatas);

·         Histórias com fantoches;

·         Confecção de livros;

·         Técnicas de pintura;

·         Máscaras de flores trabalhadas;

·         Argila;

·         Massinha de modelar;

·         Confecção de esculturas em flores;

·         Painéis;

·         Parlendas; Contos; Adivinhas; Trava-língua; Poemas; Rimas;

·         Exposição de telas – Juscelino Soares (Girassol);

·         Passeio à floricultura – Rosa de Sharon.

MATERIAS UTILIZADOS:

·         Papéis (sulfite, cartolina, color set, jornal, bubina, crepom, laminado).

·         Palitos de churrasco; Garfinhos de madeira.

·         Sucatas (garrafa pet de diferentes cores e tamanhos; tampinhas de plásticos).

·         Tesoura com ponta arredondada, cola branca e colorida, lápis de cor, giz de cera, giz de lousa, régua, gliter.

·         Agulha de costura, fio de náilon, barbante, fita adesiva transparente, botão, pincel, E.V.A. tela.

·         Sementes e mudas.

CULMINÂNCIA

Exposição da mini floricultura (natural e artificial), degustação de chá.


BIBLIOGRAFIA:

·         Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil - Ministério da Educação e Deporto. Brasília, 1998.

·         Revista Nova Escola – Setembro 2006.

·         Revista: Guia Pratico para Professoras da Educação Infantil.

·         Projetos Escolares – Educação Infantil.

AVALIAÇÃO:

 

Avaliação continua;

Coletivo: plantações e passeio;

Grupos: (meninos/meninas), atividades desenvolvidas em sala de aula.

 

 

 

 

 

Jardim II A e B

Projeto: "Salada, saladinha"


TEMA: verduras e legumes.


DURAÇÃO: março a novembro


PÚBLICO ALVO: Jardim II A e B


AUTORAS:

 

 

JUSTIFICATIVA:

Por meio, da ação continua e gradual deste projeto, pretendendo fazer com os alunos descubram o valor de uma alimentação saudável, a importância da plantação para a raça humana, e a necessidade de plantarmos para colhermos, ou seja, não fazer do ato de se alimentar uma obrigação, e sim um hábito prazeroso, saudável e nutritivo.


OBJETIVOS:

·         Identificar diferentes tipos de alimentos;

·         Desenvolver a atenção e a percepção;

·         Estimular a criatividade e a imaginação;

·         Desenvolver o senso crítico;

·         Desenvolver a cooperação em grupo na elaboração de um plantio saudável;

·         Desenvolver a coordenação motora, os sentidos, as habilidades e opiniões opostas;

·         Trabalhar com as crianças o respeito para com a natureza e consigo mesma;

·         Conhecer as cores, formas, texturas, aromas e sabores, por meio, dos alimentos;

·         Desenvolver a consciência da necessidade de uma boa alimentação;

·         Conscientizar os alunos sobre a importância e os motivos pelos quais nos alimentamos;

·         Adquirir cuidados com a saúde e higiene;

·         Levar o aluno a encarar a necessidade de comer legumes, verduras e frutas como uma opção de saúde;

·         Aprender a plantar e colher;

·         Classificar e diferenciar os legumes, frutas e verduras;

·         Compreender o valor nutritivo dos alimentos;

·         Diferenciar quais as partes dos alimentos que ingerimos (raiz, folhas e frutos);

·         Estabelecer as diferenças entre doce, salgado e azedo.

CONTEÚDOS:

·         Jogos e brincadeiras;

·         Musicas e dança;

·         Histórias e cantinhos;

·         Plantio de diversas mudas;

·         Terrário;

·         Boneco de alpiste;

·         Horta de garrafa pet;

·         Culinária;

·         Listas;

·         Preservação de nosso viveiro (coleta de lixo);

·         Construção com sucatas;

·         Dobraduras, recortes, pintura;

·         Fantoches de frutas, legumes;

·         Experimentos;

·         Quebra-cabeça;

·         Jogo da memória e dominó;

·         Bingo de frutas;

·         Atividades orais e escritas;

·         Confecção de livro (mundo maravilhoso)

·         Técnicas de pintura;

·         Máscaras;

·         Massinha de modelar;

·         Criação de esculturas (legumes e elementos tirados da natureza);

·         Brincadeiras de feira e supermercado;

·         Painel de frutas, verduras e legumes;

·         Textos: parlendas, contos, adivinhas, trava-língua, rimas, poemas e receitas;

·         Exposição das telas (Tarsila do Amaral);

·         Passeio: a feira, ao bosque, ao horto florestal.

MATERIAIS UTILIZADOS:

·         Papel (sulfite, cartolina, bubina, cartão, fantasia, crepom, laminado);

·         Giz de cera e de lousa;

·         Sucata (garrafa pet);

·         Tesoura, cola, guache, lápis de cor, caneta hidrocor;

·         E.V.A;

·         Mural e cartazes;

·         Horta (viveiro);

·         Sementes e mudas (legumes, verduras, frutas);

·         Pinturas;

·         Desenhos;

·         CD de músicas;

·         Livros pedagógicos;

·         Pote de vidro (terrário);

·         Tela;

·         Sala de aula, páteo, sombras das árvores, passarela, parque e outros;

CULMINÂNCIA: Feira do verde, onde poderemos expor toas as nossas plantações (viveiro) com degustações tiradas direto da terra.

 

AVALIAÇÃO: Contínua através da participação e interesse dos alunos.


BIBLIOGRAFIA:

·         Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Ministério da Educação e Desporto. Brasília, 1998.

·         Coleção Novos Caminhos: Formação Continuada na sala de aula. São Paulo: DCL, 2006.

·         Revista Projetos Escolares: Educação Infantil.

·         Revista Guia Prático do Professor de Educação Infantil.

 

 

 

 

Projeto: "Nós no mundo de Tarsila"

 

DURAÇÃO: Março a dezembro

 

PÚBLICO ALVO: Jardim II A e B


AUTORAS:

 

JUSTIFICATIVA:

O mundo em que vivemos constitui-se de um conjunto de fenômenos naturais e sociais, diante do qual as crianças se mostram curiosas e investigativas, fazendo perguntas e procurando respostas. Torna-se imprescindível o trabalho com projetos para que a criança identifique e torne consciente sua leitura de mundo. A produção artística registra a natureza, o meio ambiente e os acontecimentos sociais. Por meio de obras de arte, com simplicidade e ludicidade os alunos compreenderão a natureza como um meio dinâmico e o ser humano, por ser um ser social, como agente transformador desse meio, considerando sua relação essencial com os demais seres vivos e outros componentes do ambiente.
O projeto pretende tornar compreensível aos alunos a herança cultural a partir do estudo das obras de arte da artista plástica Tarsila do Amaral, bem como despertar e desenvolver o interesse pela Arte. Procurando estabelecer com os alunos um diálogo sobre o material que será apresentado e ensinando-as a observarem despertar-se-á o gosto pelas obras de arte. A criança será desafiada a interpretar as obras de arte observando os elementos utilizados como: cores, formas, traços e idéias e com liberdade poderá criar, representar e construir seus conceitos.

 

OBJETIVOS:

·         Conhecer a biografia da artista plástica;

·         Desenvolver o hábito de observação e apreciação, atentando para detalhes como: cor, forma e textura;

·         Interpretar obras de arte, compreendendo sua função comunicativa;

·         Estabelecer relações entre obras de arte e os conteúdos propostos em sala;

·         Participar de atividades envolvendo a pesquisa para conhecermos a vida e algumas obras de Tarsila do Amaral;

·         Representar por meio de desenho a releitura de algumas obras da artista;

·         Despertar o gosto pela leitura, especialmente pela arte;

·         Desenvolver o senso crítico;

·         Estimular a criatividade e a imaginação;

·         Valorizar e respeitar a nossa cultura artística.

CONTEÚDO:

1.   Folha de papel (sulfitão, A4, papelão, cartolina, microondulado, etc);

2.   Giz de cera;

3.   Tinta guache diversas cores;

4.   Lápis de cor;

5.   Anilina de diversas cores;

6.   Pincéis;

7.   Técnicas de pintura;

8.   Tinta vegetal e de terra.

 

 

 

Cronograma

 

MÊS
ATIVIDADES
MARÇO
História: Apresentação de Tarsila aos alunos. Quem foi e o que representa.
ABRIL
Releitura da Tela: Auto- Retrato 1923
MAIO
Releitura da tela: Feira 1924
JUNHO
Releitura da tela: Vendedor de frutas 1925
JULHO
Releitura da tela: Floresta 1929
AGOSTO
Releitura da tela: Sol poente 1929
SETEMBRO
Releitura da tela: O lago 1928
OUTUBRO
Releitura da tela: A lua 1928
NOVEMBRO
Releitura da tela: O ovo 1928
DEZEMBRO
Mostra pedagógica: Exposição das telas


 

AVALIAÇÃO:


Será feita através da observação dos alunos e de suas produções.


BIBLIOGRAFIA:


Coleção aprendendo com a arte: Tarsila do Amaral para crianças e educadores. Campinas: Árvore do Saber, 2005.

Coleção aprendendo com a arte: Vida e Obra. Vol. 1. Tarsila do Amaral, a Primeira Dama da Arte Brasileira. Campinas: Educação e Cia, 2005