Voltando às aulas

Voltando às aulas

EDUCAÇÃO INFANTIL - Projeto Páscoa


Páscoa
 

Objetivo geral

 
·         Trabalhar o significado da páscoa, desmistificando a relação consumista;
·         Conhecer os símbolos da páscoa e seus significados;
·         Trabalhar a “partilha” de alimentos como forma de comemoração;
 
Objetivos específicos
 
·         Desenvolver o hábito de pesquisar;
·         Explorar objetos relacionados à páscoa;
·         Trabalhar a relação histórica social e cultural da páscoa;
·         Desenvolver a função simbólica;
·         Desenvolver a noção espaço-temporal;
·         Leitura e interpretação de texto (oralmente ou com registro, de acordo com os níveis de conhecimento);
·         Trabalhar a coordenação motora através de atividades com pinturas, brincadeiras, dobraduras, etc.;
 
Desenvolvimento
 
·         Conversa informal, em rodinhas, sobre o conhecimento prévio das crianças em relação à páscoa: o que é páscoa; por que comemoramos a páscoa; por que gostamos de dar e ganhar ovos de chocolate para comemorar a páscoa; o que significa o ovo de páscoa; etc.
·         Contar histórias: oralmente, em cartaz, filme, cd’s, etc.
·         Atividades artísticas sobre o tema: colagem, pintura, dobradura, pintura em ovos, confecção de cartões, construção de símbolos pascoais para compor a mesa da partilha, etc.
·         Atividades de escrita: textos, interpretação oral, ilustração, confecção de álbuns, noção de quantidades, relacionar com números, formação de palavras, escrita espontânea, trabalhar com gráficos, histórias mudas,  etc.
·         Brincadeiras: coelhinho sai da toca, registro escrito da brincadeira; imitação de animais, etc.
·         Observação de um coelhinho de verdade, analise com coelhinhos de páscoa e registro da conclusão a que chegaram.
·         Músicas infantis: cantar, atividades escritas,
·         Conhecimento de textura: explorar objetos macios e duros; lisos e ásperos; (algodão, madeira, papel camurça e laminado, lixa, etc.).
·         Pesquisar: significado da páscoa, símbolos pascoais, de onde vem o algodão, para que serve o algodão, etc.
 
 
Culminância
 
 Preparar a “Partilha”, organizando a mesa com símbolos pascais, pão e suco de uva, simbolizando a comemoração da páscoa.
 Anexo
Textos informativos sobre páscoa:
 
 
            A páscoa surgiu no ano de 33 dc., pois o próprio Cristo celebrava como judeu que era.
            Na noite em que seria sacrificado celebrou com seus discípulos, não mais a páscoa hebraica, mas sua Própria Páscoa, instituindo assim a Eucaristia.
            É uma das maiores festas cristãs e celebra a Ressurreição de Cristo. É comemorada tradicionalmente no domingo, entre 22 de março e 25 de abril, determinando a data das demais festas móveis cristãs.
            A idéia da Ressurreição faz pare do patrimônio ideológico e cultural da humanidade.
            A igreja cristã continua a viver sob a luz da esperança da ressurreição dos mortos. Baseada experiência dos apóstolos de Jesus, proclama que o destino final do homem não é a sepultura, mas a vida com Deus, também chamada de vida eterna.
 

Etimologia

 
            A palavra páscoa vem do hebraico “Pessach” e significa passagem. A páscoa era vivamente comemorada pelos judeus do Antigo Testamento e ainda hoje os israelitas a relembram todos os anos. Ela marca a passagem pelo mar Vermelho, que ocorreu muitos anos antes de Cristo, quando Moisés conduziu o povo hebreu para fora do Egito, onde era oprimido como escravo.
            Chegando às margens do mar Vermelho, os judeus, perseguidos pelos exércitos do faraó, teriam de atravessá-lo às pressas. Guiado por Deus, Moisés levantou seu bastão e as ondas se abriram, formando duas “paredes” de água que ladeavam um “corredor” enxuto, por onde o povo passou. Quando os egípcios chegaram, as águas se fecharam sobre os seus soldados e carros, sepultando-os no mar.
            Esta foi a “passagem”, “Pessach” ou “Páscoa” que os judeus comemoram até hoje.
            Jesus Cristo, que muito respeitava todas as celebrações de sua religião judaica, também festejava a Páscoa quando foi preso.
            Julgado, condenado à morte na cruz e sepultado, Jesus Cristo ressuscitou três dias após, num domingo.
            Os cristãos, desde então, também passaram a comemorar a Páscoa da Ressurreição de Jesus, que também é uma passagem de Jesus da terra para o céu, da vida terrena para a vida junto ao Pai, a passagem de Jesus para o Reino de Deus.
 
 

Uma páscoa diferente

 
            Páscoa é sinônimo de renovação, vida nova, ressurreição de ideais e esperança.
            A data mais importante da cristandade não é o Natal, e sim a da Ressurreição de Jesus Cristo, pois significa a vitória sobre a morte, a passagem da escravidão para a libertação.
            A páscoa de Jesus (paixão, morte e ressurreição) é a nossa passagem do pecado para a vida na graça.
 
            Há muitos símbolos pascais: o ovo, por exemplo, simboliza fonte de vida, pois guarda dentro de si uma vida nova que esta por nascer. O pão e o vinho foram escolhidos por Jesus na última ceia para serem seu sangue e seu corpo. Através deles Ele está unido a nós na Eucaristia. A coelhinha é o símbolo da fecundidade, pois se reproduz rapidamente, gerando novas vidas, novos discípulos.
            Podemos concretizar a páscoa em nossa vida buscando a união e fraternidade. Ressurgir para a “vida nova” adquirindo comportamentos cristãos.
            Assim poderemos juntos, professores, alunos e comunidade, construir uma “nova escola”.
            Comemorar a Páscoa é uma forma bonita e alegre de dar graças a deus pela vida.
 

A história do ovo de páscoa

 
            Foi somente depois de muito tempo que a igreja o adotou como símbolo da páscoa.
            Presentear com ovos coloridos significava desejar vida, fertilidade. No começo, os ovos eram de galinha, cozidos e pintados. Com o passar do tempo, começaram a ser feitos com grande requinte: passaram a ser de madeira ou de cera e com pintura refinada, tornando-se um verdadeiro artesanato. Depois se passou a fabricar ovos em forma de jóias, utilizando metais nobres e pedras preciosas.
            Mais tarde, o ovo de chocolate surgiu junto com as indústrias de chocolate (Europa, por volta de 1875). Eram feitos sem atrativos, mas de alto custo, por ser sua matéria prima importada, tornando-se presentes finos para as pessoas queridas.
            Em 1906, começaram a  aparecer os ovos enfeitados. Eram recheados com chocolates de vários tipos e a decoração feita com flores coloridas, aplicações de animais de pano.
            No Brasil, a novidade chegou em 1920, vinda de Paris. Hoje os ovos são uma espécie de herança dos ovos coloridos de antigamente. Em todo o mundo civilizado cristão, a Páscoa é comemorada com presentes de ovos de chocolate.
 

Símbolos da páscoa

 
Ovo de páscoa – O ovo é um ótimo símbolo da ressurreição . de fato, aparentemente morto, inanimado e petrificado, contém de dentro de si uma vida nova que surge pujante para a luz do sol.
 
Trigo e uva – Simbolizam o pão e o vinho. É a lembrança da entrega total. É através da entrega da carne e do sangue que o espírito vive.
 
Peixe – O peixe é o mais antigo dos símbolos de Cristo. Se Cristo é o Grande Peixe, somos os peixinhos de Cristo. Isso quer dizer que devemos sempre viver mergulhados na Graça de Cristo e na Vida Divina, trazidos a nós pela água do Batismo, momento em que nascemos espiritualmente, como os peixinhos nascem dentro d’água.
 
Coelho – Símbolo de rápida e múltipla fecundidade. Há um número incalculável de filhos de Deus, frutos da graça da ressurreição. Pela fecundidade lembra o número de filhos de Deus.
 
O cordeiro – No novo testamento é Jesus Cristo o Cordeiro Pascal, Agnus Dei. O símbolo bem difundido na Europa, mostra um cordeirinho branco sustentando a bandeira da Ressurreição.
 
 
Músicas:
 
 
Coelhinho quando brinca,
Faz com as patinhas assim.
Mexe, mexe as orelhas
E o rabinho faz assim.
 
Oh! Coelhinho
Sua vida é só brincar
 
Mexe, mexe as orelhas
E o rabinho para o ar
Mexe, mexe as orelhas
E o rabinho para o ar.
 
 
 
Coelhinho quer pular,
Pois a páscoa vai chegar,
Os ovinhos vai trazer,
Tchu, tchu, tchu, tchu.
 
A orelhinha vai mexer.
O rabinho remexer.
Vamos dançar!
 
É dia de páscoa.
Como estou feliz!
Quero ver você sorrir.
Vamos nos abraçar.
E festejar...
 
 
Músicas:
 
 
Coelhinho quando brinca,
Faz com as patinhas assim.
Mexe, mexe as orelhas
E o rabinho faz assim.
 
Oh! Coelhinho
Sua vida é só brincar
 
Mexe, mexe as orelhas
E o rabinho para o ar
Mexe, mexe as orelhas
E o rabinho para o ar.
 
 
 
Coelhinho quer pular,
Pois a páscoa vai chegar,
Os ovinhos vai trazer,
Tchu, tchu, tchu, tchu.
 
A orelhinha vai mexer.
O rabinho remexer.
Vamos dançar!
 
É dia de páscoa.
Como estou feliz!
Quero ver você sorrir.
Vamos nos abraçar.
E festejar...
 

2 comentários: