Voltando às aulas

Voltando às aulas

Atualizações- Discos Virtuais

DV LIBRAS - 9 paginas sobre cadeia alimentar já disponível para download.

PROJETOS E PLANOS DE AULA - meio ambiente


Projeto: "Dedo verde"


 

Público alvo:

De berçário I à jardim II

 

Autores:

Toda equipe docente e coordenadora pedagógica

 

Justificativa:

O projeto de Educação Ambiental é uma das metas de trabalho de nossa escola, tendo como princípios a concepção do meio ambiente em sua totalidade, considerando a interdependência entre o meio natural , o sócio-econômico e o cultural, sob o enfoque da sustentabilidade.


Objetivos Geral:

Estimular a participação de professores, funcionários, pais e alunos resgatando e fortalecendo a responsabilidade pelas questões ambientais. O envolvimento da escola com o tema educação ambiental gera a necessidade de conhecimento e informação para que se possa desenvolver um trabalho adequado com as crianças.


Objetivos Específicos:

·         estimular a implantação de um viveiro de mudas e arbonização na escola;

·         reduzir, reciclar, repensar, reutilizar;

·         sensibilizar o aluno sobre as questões ambientais, através da arte e das brincadeiras;

Projetos por turmas:

·         Berçário I – Projeto Soprinho (ar);

·         Berçário misto - Projeto Passos Molhados (água);

·         Berçário II - Projeto Mãos à Terra;

·         Maternal I A e B - Projeto Cházinho;

·         Maternal II A e B - Projeto Sementinha;

·         Jardim I A e B - Estação das Flores;

·         Jardim II A e B - Salada, saladinha (projeto complementar de artes “Tarcila”).

Culminância


Construção de um viveiro, nos fundos da escola, com a participação de todas as turmas, sob orientação das educadoras , pais e colaboradores desta escola e “Mostra Pedagógica” como forma de mostrar todo processo do projeto do ano letivo.

 

Bibliografia

·         Referencial curricular nacional para a educação infantil/ Ministério da Educação e do Desporto.

·         Educação Ambiental com crianças pequenas – Relato de Experiência – seção Cotidiano (pesquisa Google).

·         Instituto “o direito por Um Planeta Verde” Legislação – Lei nº 9.798, de 27 de abril de 1999.

 

 

 

 

 

Berçário I

Projeto: "Soprinho"


Tema: Ar (o fôlego da vida)

 

 

Público alvo: berçário I (crianças de 3 meses a 9 meses)

 

Autores:

 

Justificativa: este trabalho visa possibilidade as crianças a ter seu primeiro conceito de ar, vento, a qual faremos experiências e brincadeiras. Como poderemos usar o ar em nossas brincadeiras, qual brinquedos precisam de vento para funcionar.


Objetivos: ajudar às crianças a aprender através de situações lúdicas, conhecendo o meio em que vivem.

 

Conteúdos: ar e vento, clima

 

Materiais utilizados:

·         bexigas;

·         Cartazes,

·         Cata-vento,

·         Papeis diversos,

·         Brinquedos.

Culminância: festa da bexiga, Cata-vento


Bibliografia:

·         Referencial Curricular para a educação Infantil

·         (MORENO) Jean Carlos, (JUNIOR) Antonio Fontoura Coleção Vitória Regia; estudos sociais.

·         Fonte internet

 

 

 

 

Berçário Misto

Projeto: "Passos Molhados"


Tema: Água

 

 

Período: de fevereiro a dezembro

 

Público Alvo: Berçário Misto (crianças de 9 meses à 1,04)

 

Autoras:


Justificativa:

Vemos a necessidade da água como um elemento indispensável para nossas vidas, nossa saúde e para o meio em que vivemos.

 

Objetivos:

·         Explorar o meio ambiente;

·         Ter contato com a água, explorando-a;

·         Valorizar sua importância para os seres vivos;

·         Manifestar interesse e curiosidade por esse elemento;

·         Estabelecer contato com pequenos animais aquáticos;

·         Reconhecer os principais estados da água (liquido, sólido e gasoso) e suas diferentes temperaturas.

Conteúdo:

·         Conversa sobre a água;

·         Banho diário – banho de piscina;

·         Brincadeiras com água;

·         Sensação (gelo);

·         Observação da chuva;

·         Histórias relacionadas à água, ao meio ambiente;

·         Registrar nosso trabalho.

Materiais utilizados:

1.   Livros de histórias;

2.   Gelo;

3.   Água;

4.   Tintas;

5.   Pincéis, espumas, rolinhos para pintura;

6.   Diversos papéis;

7.   Bexigas;

8.   Pratinhos de papelão.

Culminância

Confecção de um aquário.

 

Avaliação

 

A avaliação será constante (todos os dias) observando a curiosidade, o envolvimento e o interesse das crianças pelo meio ambiente e pela água.


Bibliografia

 


Livro: REFERENCIAL CURRICULAR DA EDUCAÇÃO INFANTIL - SECRETÁRIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO - DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO INFANTIL.

 

 

 

 

 

 

Berçário II

Projeto: "Mãos a Terra"


Tema: Terra


Público alvo: Berçário II crianças de 1 a 2 anos

 

Autoras:


Justificativa:

Observamos a necessidade de inserir as crianças na conscientização do meio ambiente e sua preservação , conhecendo assim seus elementos principais.

 

Objetivos:

Explorar o meio ambiente para que os alunos possam estabelecer contato com o solo e pequenos animais, manifestando curiosidade e interesse:

·         Observar o desenvolvimento das plantas;

·         Reconhecer o solo como um ambiente onde habitam seres de várias espécies;

·         Reconhecer a importância do solo para as plantas;

·         Valorizar a preservação do meio ambiente.

Conteúdos:

·         Terra;

·         Água;

·         Seres vivos;

·         Meio ambiente.

Materiais utilizados:

·         Terra;

·         Água;

·         Mudas e/ou sementes de plantas, flores e verduras;

·         Vasos, latas e garrafas descartáveis;

·         Livros, sulfite, giz de cera, guache etc.

Metodologia:

·         Roda de conversa sobre as plantas e os seres vivos;

·         Passeio pela unidade escolar vivenciando o meio ambiente, estabelecendo contato com o solo, as plantas e pequenos animais;

·         Preparar a terra para semear e/ou plantar flores, verduras.

Culminância: Colher as verduras, preparar uma deliciosa salada, auxiliando os alunos na sua preparação e saboreá-la juntamente com a refeição do dia.


Bibliografia:

·         Site www.faber_castell.com.br

·         Referencial Curricular de Educação Infantil

·         Revista Nova Escola/Editora Abril

 

 

 

Maternal I A e B

Projeto: "Cházinho"


Tema: chá, cheiro e curas ( plantas medicinais)

Autores:

 

Justificativa:

Vemos a necessidade de mostrar para as crianças a importância que as plantas tem em nossa saúde como a prevenção e até cura de algumas doenças.

 

Objetivo:

1.   Conscientizar a importância do uso de plantas medicinais à saúde;

2.   Valorizar recursos naturais;

3.   Preservar o ambiente, cuidar das plantas.

Conteúdos:

·         A importância das plantas medicinais para a saúde;

·         O trabalho com a terra;

·         A semente, o começo de tudo;

·         Os elementos para a planta ( alimantaçao da palnta)

·         As ervas medicinais prontas (chá)

Materiais utilizados:

·         Sementes ou mudas;

·         Terra e água;

·         Utensílio para a plantar as plantas;

·         Pazinhas.

Culminância

A planta já plantada e o chá.

 

Bibliografia:

·         Alimentos Saudáveis “Guia pratico para uma alimentação rica e saudável” .

·         SPETHMANN (Carlos Nascimento); Medicina alternativa de A a Z ; 6ª edição: julho de 2003.

 

 

 

 

 

Maternal II

Projeto: "Sementinha"

TEMA: Hortaliças

 

ÁREAS: Artes visuais, linguagem oral e escrita, matemática, natureza e sociedade e identidade e autonomia

 

AUTORAS:

 

LEITORES: Professores, alunos, pais e toda comunidade escolar envolvida

 

JUSTIFICATIVA

A promoção da saúde permite que as pessoas adquiram maior controle sobre sua qualidade de vida. Através da adoção de hábitos saudáveis, não só os indivíduos mas também suas famílias e comunidade se apoderam de um bem, um direito e um recurso aplicável a vida cotidiana.

Portanto este projeto propõe ampliar o conhecimento dos alunos, ensinando a cada um a cuidar melhor da alimentação, pois, enxergamos que uma das melhores formas de promover a saúde é através da escola.

 

OBJETIVOS:

Estimular a criança a ter uma alimentação equilibrada e balanceada com hábitos alimentares saudáveis, evitando assim doenças e promovendo um bom desenvolvimento físico, psíquico e social.

Oferecer atividades de experimentação com: cheiro, gosto, duro, mole, quente, frio, cores e espessura.

 

CONTEÚDO:

·         Proteção a saúde enfatizando os nutrientes de cada hortaliças, evitando doenças causadas por má alimentação.

·         Orientação sobre cuidados de armazenamento e higiene ao preparar os alimentos.

·         Preparação da terra(adubação).

·         Nutrientes necessários para a planta.

·         Contato com a terra.

·         Utilização de sucatas para o plantio tais como, caixas e saquinhos de leite, garrafas descartáveis, latinhas.

·         Preparação de alimentos (degustação)

·         MATERIAIS UTILIZADOS:

·         Papéis e tintas de diversas cores;

·         Sucatas;

·         Cola;

·         Tesoura;

·         Fita crepe;

·         Espaços na escola para a implantação de horta;

·         Sementes e mudas;

·         Adubo.

·         PROCEDIMENTO;

·         Propiciar a ampliação destes conhecimentos, convidando a criança a participar de forma lúdica e prazerosa de atividades de culinária: preparando salada e suco por exemplo.

·         Orientação sobre a importância das hortaliças na medicina alternativa.

·         Passeios em grupos por locais onde haja horta, para que as crianças possam conhecer e apreciar

ainda melhor as hortaliças.

·         VALIAÇÃO: Participação, interesse e desempenho nas atividades desenvolvidas.

·         CULMINÂNCIA: Implantação de horta com participação das crianças.

·         BIBLIOGRAFIA:

·         Livro: “Jogos, projetos e oficinas”

·         “Medicina alternativa de A a Z”.

·         “Referencial Curricular Infantil”.

·         Internet: www.unb.br

 

 

 

Jardim I A e B

Projeto: “Estação das Flores”



PÚBLICO ALVO: Jardim I A e I B.


AUTORAS:

 

JUSTIFICATIVA:

Vivenciar a alegria da estação com a presença multicolorida das flores, levando a criança a contemplar as suas maravilhas e o bem-estar que a convivência da natureza proporciona.

 

OBJETIVOS:

·         Trabalhar a percepção tátil, a coordenação motora fina e grossa, as linhas, as cores, os aromas, as medidas, os numerais, formas, texturas e as conseqüências.

·         Despertar o interesse pela preservação do meio ambiente, assim como as formas de vida e sua sobrevivência.

·         Observar o meio natural (Fotossíntese), desenvolvendo a curiosidade e a prática investigativa de cada criança.

CONTEÚDO:

·         Atividades orais e escritas;

·         Plantio de diferentes mudas;

·         Floreira;

·         Jogos: Quebra Cabeça, Jogo da Memória, Dominó e Bingo de Flores;

·         Brincadeiras;

·         Músicas e Danças;

·         Móbiles;

·         Culinária (apresentação de chá);

·         Pinturas, Dobraduras e Recortes;

·         Matérias recicláveis (sucatas);

·         Histórias com fantoches;

·         Confecção de livros;

·         Técnicas de pintura;

·         Máscaras de flores trabalhadas;

·         Argila;

·         Massinha de modelar;

·         Confecção de esculturas em flores;

·         Painéis;

·         Parlendas; Contos; Adivinhas; Trava-língua; Poemas; Rimas;

·         Exposição de telas – Juscelino Soares (Girassol);

·         Passeio à floricultura – Rosa de Sharon.

MATERIAS UTILIZADOS:

·         Papéis (sulfite, cartolina, color set, jornal, bubina, crepom, laminado).

·         Palitos de churrasco; Garfinhos de madeira.

·         Sucatas (garrafa pet de diferentes cores e tamanhos; tampinhas de plásticos).

·         Tesoura com ponta arredondada, cola branca e colorida, lápis de cor, giz de cera, giz de lousa, régua, gliter.

·         Agulha de costura, fio de náilon, barbante, fita adesiva transparente, botão, pincel, E.V.A. tela.

·         Sementes e mudas.

CULMINÂNCIA

Exposição da mini floricultura (natural e artificial), degustação de chá.


BIBLIOGRAFIA:

·         Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil - Ministério da Educação e Deporto. Brasília, 1998.

·         Revista Nova Escola – Setembro 2006.

·         Revista: Guia Pratico para Professoras da Educação Infantil.

·         Projetos Escolares – Educação Infantil.

AVALIAÇÃO:

 

Avaliação continua;

Coletivo: plantações e passeio;

Grupos: (meninos/meninas), atividades desenvolvidas em sala de aula.

 

 

 

 

 

Jardim II A e B

Projeto: "Salada, saladinha"


TEMA: verduras e legumes.


DURAÇÃO: março a novembro


PÚBLICO ALVO: Jardim II A e B


AUTORAS:

 

 

JUSTIFICATIVA:

Por meio, da ação continua e gradual deste projeto, pretendendo fazer com os alunos descubram o valor de uma alimentação saudável, a importância da plantação para a raça humana, e a necessidade de plantarmos para colhermos, ou seja, não fazer do ato de se alimentar uma obrigação, e sim um hábito prazeroso, saudável e nutritivo.


OBJETIVOS:

·         Identificar diferentes tipos de alimentos;

·         Desenvolver a atenção e a percepção;

·         Estimular a criatividade e a imaginação;

·         Desenvolver o senso crítico;

·         Desenvolver a cooperação em grupo na elaboração de um plantio saudável;

·         Desenvolver a coordenação motora, os sentidos, as habilidades e opiniões opostas;

·         Trabalhar com as crianças o respeito para com a natureza e consigo mesma;

·         Conhecer as cores, formas, texturas, aromas e sabores, por meio, dos alimentos;

·         Desenvolver a consciência da necessidade de uma boa alimentação;

·         Conscientizar os alunos sobre a importância e os motivos pelos quais nos alimentamos;

·         Adquirir cuidados com a saúde e higiene;

·         Levar o aluno a encarar a necessidade de comer legumes, verduras e frutas como uma opção de saúde;

·         Aprender a plantar e colher;

·         Classificar e diferenciar os legumes, frutas e verduras;

·         Compreender o valor nutritivo dos alimentos;

·         Diferenciar quais as partes dos alimentos que ingerimos (raiz, folhas e frutos);

·         Estabelecer as diferenças entre doce, salgado e azedo.

CONTEÚDOS:

·         Jogos e brincadeiras;

·         Musicas e dança;

·         Histórias e cantinhos;

·         Plantio de diversas mudas;

·         Terrário;

·         Boneco de alpiste;

·         Horta de garrafa pet;

·         Culinária;

·         Listas;

·         Preservação de nosso viveiro (coleta de lixo);

·         Construção com sucatas;

·         Dobraduras, recortes, pintura;

·         Fantoches de frutas, legumes;

·         Experimentos;

·         Quebra-cabeça;

·         Jogo da memória e dominó;

·         Bingo de frutas;

·         Atividades orais e escritas;

·         Confecção de livro (mundo maravilhoso)

·         Técnicas de pintura;

·         Máscaras;

·         Massinha de modelar;

·         Criação de esculturas (legumes e elementos tirados da natureza);

·         Brincadeiras de feira e supermercado;

·         Painel de frutas, verduras e legumes;

·         Textos: parlendas, contos, adivinhas, trava-língua, rimas, poemas e receitas;

·         Exposição das telas (Tarsila do Amaral);

·         Passeio: a feira, ao bosque, ao horto florestal.

MATERIAIS UTILIZADOS:

·         Papel (sulfite, cartolina, bubina, cartão, fantasia, crepom, laminado);

·         Giz de cera e de lousa;

·         Sucata (garrafa pet);

·         Tesoura, cola, guache, lápis de cor, caneta hidrocor;

·         E.V.A;

·         Mural e cartazes;

·         Horta (viveiro);

·         Sementes e mudas (legumes, verduras, frutas);

·         Pinturas;

·         Desenhos;

·         CD de músicas;

·         Livros pedagógicos;

·         Pote de vidro (terrário);

·         Tela;

·         Sala de aula, páteo, sombras das árvores, passarela, parque e outros;

CULMINÂNCIA: Feira do verde, onde poderemos expor toas as nossas plantações (viveiro) com degustações tiradas direto da terra.

 

AVALIAÇÃO: Contínua através da participação e interesse dos alunos.


BIBLIOGRAFIA:

·         Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. Ministério da Educação e Desporto. Brasília, 1998.

·         Coleção Novos Caminhos: Formação Continuada na sala de aula. São Paulo: DCL, 2006.

·         Revista Projetos Escolares: Educação Infantil.

·         Revista Guia Prático do Professor de Educação Infantil.

 

 

 

 

Projeto: "Nós no mundo de Tarsila"

 

DURAÇÃO: Março a dezembro

 

PÚBLICO ALVO: Jardim II A e B


AUTORAS:

 

JUSTIFICATIVA:

O mundo em que vivemos constitui-se de um conjunto de fenômenos naturais e sociais, diante do qual as crianças se mostram curiosas e investigativas, fazendo perguntas e procurando respostas. Torna-se imprescindível o trabalho com projetos para que a criança identifique e torne consciente sua leitura de mundo. A produção artística registra a natureza, o meio ambiente e os acontecimentos sociais. Por meio de obras de arte, com simplicidade e ludicidade os alunos compreenderão a natureza como um meio dinâmico e o ser humano, por ser um ser social, como agente transformador desse meio, considerando sua relação essencial com os demais seres vivos e outros componentes do ambiente.
O projeto pretende tornar compreensível aos alunos a herança cultural a partir do estudo das obras de arte da artista plástica Tarsila do Amaral, bem como despertar e desenvolver o interesse pela Arte. Procurando estabelecer com os alunos um diálogo sobre o material que será apresentado e ensinando-as a observarem despertar-se-á o gosto pelas obras de arte. A criança será desafiada a interpretar as obras de arte observando os elementos utilizados como: cores, formas, traços e idéias e com liberdade poderá criar, representar e construir seus conceitos.

 

OBJETIVOS:

·         Conhecer a biografia da artista plástica;

·         Desenvolver o hábito de observação e apreciação, atentando para detalhes como: cor, forma e textura;

·         Interpretar obras de arte, compreendendo sua função comunicativa;

·         Estabelecer relações entre obras de arte e os conteúdos propostos em sala;

·         Participar de atividades envolvendo a pesquisa para conhecermos a vida e algumas obras de Tarsila do Amaral;

·         Representar por meio de desenho a releitura de algumas obras da artista;

·         Despertar o gosto pela leitura, especialmente pela arte;

·         Desenvolver o senso crítico;

·         Estimular a criatividade e a imaginação;

·         Valorizar e respeitar a nossa cultura artística.

CONTEÚDO:

1.   Folha de papel (sulfitão, A4, papelão, cartolina, microondulado, etc);

2.   Giz de cera;

3.   Tinta guache diversas cores;

4.   Lápis de cor;

5.   Anilina de diversas cores;

6.   Pincéis;

7.   Técnicas de pintura;

8.   Tinta vegetal e de terra.

 

 

 

Cronograma

 

MÊS
ATIVIDADES
MARÇO
História: Apresentação de Tarsila aos alunos. Quem foi e o que representa.
ABRIL
Releitura da Tela: Auto- Retrato 1923
MAIO
Releitura da tela: Feira 1924
JUNHO
Releitura da tela: Vendedor de frutas 1925
JULHO
Releitura da tela: Floresta 1929
AGOSTO
Releitura da tela: Sol poente 1929
SETEMBRO
Releitura da tela: O lago 1928
OUTUBRO
Releitura da tela: A lua 1928
NOVEMBRO
Releitura da tela: O ovo 1928
DEZEMBRO
Mostra pedagógica: Exposição das telas


 

AVALIAÇÃO:


Será feita através da observação dos alunos e de suas produções.


BIBLIOGRAFIA:


Coleção aprendendo com a arte: Tarsila do Amaral para crianças e educadores. Campinas: Árvore do Saber, 2005.

Coleção aprendendo com a arte: Vida e Obra. Vol. 1. Tarsila do Amaral, a Primeira Dama da Arte Brasileira. Campinas: Educação e Cia, 2005

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário