LINGUA PORTUGUESA - curiosidades juninas


Festa Junina


A festa junina não existe só no Brasil. Celebrar o nascimento de São João é um costume que vem lá do século IV, dos países católicos da Europa, e foi trazido pelos portugueses para cá.

Para participar da festa, o legal é caprichar no visual, com chapéu de palha, vestido rodado, camisa xadrez e calça com remendos coloridos. Para as meninas, o batom vermelho e as bochechas rosadas dão o toque final. Nos meninos não pode faltar um bigodinho.

As brincadeiras típicas são a corrida de sacos, a corrida do ovo na colher, cadeia, correio elegante, entre outras. Comidas típicas também não faltam, pipoca, pé-de-moleque, curau, bolo de cenoura, cachorro quente, quentão e mais um monte.

Você Sabia...
Antigamente o nome da comemoração era festa “joanina”, em homenagem ao nome do santo que batizou Jesus Cristo, João Batista. Mais tarde passaram a ser homenageados também Santo Antônio e São Pedro, aumentando ainda mais a importância dessa comemoração tão alegre.



Você Sabia...
A festa comemora a data de nascimento de São João, 24 de junho. Ele é o único caso assim. Todos os outros santos são homenageados em sua data de morte, assim como acontece com Santo Antônio, dia 13, e São Pedro, dia 29.



Você Sabia...
O costume de acender a fogueira vem de muito tempo. Começou para avisar a todo mundo o nascimento de São João Batista. O bebê era filho de Isabel, prima de Maria, mãe de Jesus. As fogueiras eram também usadas para comemorar as colheitas na Europa.



Você Sabia...
Existem três tipos de fogueira, uma para cada santo junino. A fogueira de São João tem forma de um cone. Na fogueira de Santo Antônio as madeiras são empilhadas formando um quadrado. Já a fogueira de São Pedro tem a forma de um triângulo.



Você Sabia...
Em cada lugar do Brasil, a festança ganhou um jeito diferente. No Amazonas, tem boi-bumbá. Na Região Centro-Oeste, a quadrilha é dançada ao som da polca paraguaia, nosso país vizinho. No Sul, a dança das fitas; e no Nordeste, em algumas cidades, a festa junina é tão grande que dura o mês inteiro. E dá-lhe forró, bichinho!



Você Sabia...
As guloseimas de festa junina são variadas, conforme o lugar. No Sul, o pessoal não dispensa o pinhão cozido ou assado nem o arroz-de-carreteiro. No Sudeste, tem cachorro-quente, pastel e pizza. Na Região Norte, a festa tem receitas típicas dos índios, como tapioca e tacacá.



Você Sabia...
Estudos dizem que a quadrilha teve sua origem na Inglaterra. Mas foi na França que ela se tornou tradicional e, daí, espalhou-se por toda a Europa. Dançada em homenagem aos santos juninos (Santo Antônio, São João e São Pedro) e para agradecer as boas colheitas na roça, a quadrilha chegou ao Brasil assim que a Corte portuguesa desembarcou aqui.



Você Sabia...
A quadrilha tradicional também ganhou uma nova forma, chamada quadrilha estilizada. É quando se criam coreografias próprias para cada música, como um espetáculo de balé. Normalmente, esse jeito diferente de comemorar traz personagens como Lampião e Maria Bonita, ciganos e espanholas.



Você Sabia...
Soltar balão é crime, sabia? Ele pode causar incêndios. Portanto, nunca solte balões, nem deixe alguém fazer isso, se você ficar sabendo. Combinado?


Nenhum comentário:

Postar um comentário