MAQUININHA PAGSEGURO

Aumente suas vendas aceitando débito e credito.
Compre em condições especiais pelo link:

BERÇÁRIO - o bebê ao quarto mês II

A formação da personalidade
Evolução motora
Ele mantém a cabeça erguida quando no colo. Mantém a posição simétrica quando deitado de costas, se apóia nos cotovelos. Observando as próprias maos, movimenta-as diante dos olhos. Segura um chocalho com as mãos e o examina. Procura utilizar as mãos para alcançar um brinquedo.
Comportamento emocional
É mais tranquilo com a mãe e mais agitado e brincalhão com o pai. Normalmente é carinhoso.
Progresso da linguagem
Verbaliza alguns sons (semelhante ao gargarejo), mostra habilidade para emitir e diferenciar alguns sons, balbuciando vogais (A,E,U)
Comportamento pessoal e social
Sorri espontaneamente. Vimos que, no mês anterior, o sorriso do bebê é provocado. Ele brinca com as mãos. Não é afetado pela presença de estranhos ou se ficar sozinho.
Brinquedos (seu interesse e preferência)
Os brinquedos devem ser resistentes e laváveis, porque a criança poderá levá-los à boca (como o primeiro chocalho), e muitas vezes, esses brinquedos estiveram nas mãos de adultos ou então no chão.  Devem ser grandes para não ser colocados na boca, provocando esgasgo ou sufocação.

O DESENVOLVIMENTO DA INTELIGENCIA
Primeira prova
Ele procura com os olhos a origem de um ruído: uma pessoa, colocada fora do campo visual do bebê, toca uma campainha; a criança olhará logo em seguida para o local onde foi emitido o som.

Segunda prova
Ele apóia a cabeça e os ombros nos antebraços: colocado de bruços ele não só levantará a cabeça, como aos três meses, mas também os ombros, apoiando-se nos cotovelos.

Terceira prova
Reage à interrupção de um conato. A pessoa debruçada sobre o berço deve procurar diverti-lo, brincando, fazendo caretas ou usando qualquer objeto e, repentinamente, deve se afastar. O bebê reage, às vezes chorando ou com demonstrações de desagrado, fazendo beicinho.

Quarta prova
O bebê percebe a mudança de fisionomia. Uma pessoa, debruçada sobre o bebê, olha-o tranquilamente por alguns segundos e, em seguida afasta-se e coloca uma máscara qualquer, de preferencia de um bicho. Percebe-se claramente, a expressão de surpresa do bebê, como um franzimento da fronte, faz beicinho ou chora. Às vezes estas alterações são acompanhadas de movimentos.

Quinta prova
Ele segura objetos.Colocando na sua mão uma sineta, o bebê segura firmemente, não a soltando com facilidade.

A AUDIÇÃO
Do quarto ao sexto mês é o período de se avaliar a capacidade de audição do bebê; em caso de duvida, consulte o pediatra. A mãe é a unica pessoa capaz de orientar o pediatra quanto à capacidade de ver e ouvir de seu filho.


Nenhum comentário:

Postar um comentário