Aguarde

Novos tempos pedem novas propostas e soluções.
Inclusão, currículos adaptados, atividades diferenciadas são a tônica do trabalho atual do professor que precisa atender individualmente todos os seus alunos.
E se você encontrasse numa só pesquisa, uma variedade de atividades sobre o mesmo tema, em diferentes níveis de aprofundamento?
Vem aí, os NOVOS DISCOS VIRTUAIS...
Aguarde!

FOLCLORE - lendas em videos

Videos curtos no Youtube sobre as lendas do folclore.
 
 
 
 
 
 

FOLCLORE - video no Youtube

Video curto no Youtube para ampliar seu trabalho com as crianças.
https://www.youtube.com/watch?v=eCLPV-uc5sw
 

FOLCLORE - O que é folclore

Texto de referência para amparar o professor.
Somente leitura.
 
 
O que é Folclore

 
Podemos definir o folclore como um conjunto de mitos e lendas que as pessoas passam de geração para geração. Muitos nascem da pura imaginação das pessoas, principalmente dos moradores das regiões do interior do Brasil. Muitas destas histórias foram criadas para passar mensagens importantes ou apenas para assustar as pessoas. O folclore pode ser dividido em lendas e mitos. Muitos deles deram origem à festas populares, que ocorrem pelos quatro cantos do país.
 
As lendas são estórias contadas por pessoas e transmitidas oralmente através dos tempos. Misturam fatos reais e históricos com acontecimentos que são frutos da fantasia. As lendas procuraram dar explicação a acontecimentos misteriosos ou sobrenaturais.

Os mitos são narrativas que possuem um forte componente simbólico. Como os povos da antiguidade não conseguiam explicar os fenômenos da natureza, através de explicações científicas, criavam mitos com este objetivo: dar sentido as coisas do mundo. Os mitos também serviam como uma forma de passar conhecimentos e alertar as pessoas sobre perigos ou defeitos e qualidades do ser humano. Deuses, heróis e personagens sobrenaturais se misturam com fatos da realidade para dar sentido a vida e ao mundo.
 
Algumas lendas, mitos e contos folclóricos do Brasil:




 

Boitatá

Representada por uma cobra de fogo que protege as matas e os animais e tem a capacidade de perseguir e matar aqueles que desrespeitam a natureza. Acredita-se que este mito é de origem indígena e que seja um dos primeiros do folclore brasileiro. Foram encontrados relatos do boitatá em cartas do padre jesuíta José de Anchieta, em 1560. Na região nordeste, o boitatá é conhecido como "fogo que corre".
 
Boto

Acredita-se que a lenda do boto tenha surgido na região amazônica. Ele é representado por um homem jovem, bonito e charmoso que encanta mulheres em bailes e festas. Após a conquista, leva as jovens para a beira de um rio e as engravida. Antes de a madrugada chegar, ele mergulha nas águas do rio para transformar-se em um boto.
 
Curupira

Assim como o boitatá, o curupira também é um protetor das matas e dos animais silvestres. Representado por um anão de cabelos compridos e com os pés virados para trás. Persegue e mata todos que desrespeitam a natureza. Quando alguém desaparece nas matas, muitos habitantes do interior acreditam que é obra do curupira.
 
Lobisomem

Este mito aparece em várias regiões do mundo. Diz o mito que um homem foi atacado por um lobo numa noite de lua cheia e não morreu, porém desenvolveu a capacidade de transforma-se em lobo nas noites de lua cheia. Nestas noites, o lobisomem ataca todos aqueles que encontra pela frente. Somente um tiro de bala de prata em seu coração seria capaz de matá-lo.
 
Mãe-D'água

Encontramos na mitologia universal um personagem muito parecido com a mãe-d'água : a sereia. Este personagem tem o corpo metade de mulher e metade de peixe. Com seu canto atraente, consegue encantar os homens e levá-los para o fundo das águas.
 
Corpo-seco

É uma espécie de assombração que fica assustando as pessoas nas estradas. Em vida, era um homem que foi muito malvado e só pensava em fazer coisas ruins, chegando a prejudicar e maltratar a própria mãe. Após sua morte, foi rejeitado pela terra e teve que viver como uma alma penada.
 
Pisadeira

É uma velha de chinelos que aparece nas madrugadas para pisar na barriga das pessoas, provocando a falta de ar. Dizem que costuma aparecer quando as pessoas vão dormir de estômago muito cheio.
 
Mula-sem-cabeça

Surgido na região interior, conta que uma mulher teve um romance com um padre. Como castigo, em todas as noites de quinta para sexta-feira é transformada num animal quadrúpede que galopa e salta sem parar, enquanto solta fogo pelo pescoço.
 
Mãe-de-ouro

Representada por uma bola de fogo que indica os locais onde se encontra jazidas de ouro. Também aparece em alguns mitos como sendo uma mulher luminosa que voa pelos ares. Em alguns locais do Brasil, toma a forma de uma mulher bonita que habita cavernas e após atrair homens casados, os faz largar suas famílias.
 
Saci-Pererê

O saci-pererê é representado por um menino negro que tem apenas uma perna. Sempre com seu cachimbo e com um gorro vermelho que lhe dá poderes mágicos. Vive aprontando travessuras e se diverte muito com isso. Adora espantar cavalos, queimar comida e acordar pessoas com gargalhadas.
 
Capelobo
 
Personagem folclórico típico da região Norte do Brasil (principalmente Maranhão e Pará). O capelobo é uma espécie de monstro com corpo de homem musculoso e peludo e cabeça de tamanduá-bandeira. Feroz, ataca caçadores nas florestas e se alimenta de carne de gatos e cachorros.
 
Comadre Florzinha (ou Comadre Fulozinha)

É uma mulher cabocla, representada em algumas versões da lenda como uma espécie de fada pequena, que vive nas florestas do Brasil (principalmente na Zona da Mata nordestina). Vaidosa e maliciosa, possui cabelos compridos e enfeitados com flores coloridas. Vive para proteger a fauna e a flora. Junto com suas irmãs, vivem aplicando sustos e travessuras nos caçadores e pessoas que tentam desmatar a floresta.
 
Cobra Norato
 
Cobra Norato é um homem, que se transforma em uma cobra grande durante o dia. Era filho de uma índia com um boto. Tinha uma irmã gêmea, que também era uma cobra. Ambos viviam nos rios da região, local em que foram jogados após o nascimento. Cobra Norato era muito bom e gentil, enquanto a irmã era malvada e cruel. Na lenda, Cobra Norato mata a irmã e o encanto é desfeito com a ajuda de um amigo. Essa lenda une outras duas, também de origem indígena, da região amazônica: lenda do boto-cor-de-rosa e a lenda da Cobra Grande.
 
Outras manifestações folclóricas do Brasil:
 
Além dos mitos e lendas, o folclore brasileiro apresenta uma grande diversidade cultural. Podemos também considerar como legítimas representações do nosso folclore: ritmos e danças folclóricas (carimbó, forró, capoeira, frevo, caiapó), comidas regionais típicas, músicas regionais, encenações (marujada, bumba-meu-boi, congada e cavalhada) superstições, representações artísticas (artesanato, confecção de rendas e cestas de palha), comemorações, brincadeiras e jogos infantis (parlendas, amarelinha e trava-línguas), ditados populares, tradições, crenças e festas populares (festa junina, Festa do Divino, Círio de Nazaré e Folia de Reis).
 
Curiosidades:

 
- É comemorado com eventos e festas, no dia 22 de Agosto, aqui no Brasil, o Dia do Folclore.
 
- Em 2005, foi criado do Dia do Saci, que deve ser comemorado em 31 de outubro. Festas folclóricas ocorrem nesta data em homenagem a este personagem. A data, recém criada, concorre com a forte influência norte-americana em nossa cultura, representanda pela festa do Halloween - Dia das Bruxas.
 
- A palavra folclore é de origem inglesa. O termo "folk", em inglês, significa povo, enquanto "lore" significa cultura.
 
- Nem tudo é folclore. Para ser considerada uma legítima representação folclórica, é necessário que se enquadre em algumas características: ter origem anônima, ser antiga e popular, tradicional numa determinada região (sendo praticada e divulgada por muitas pessoas) e ter se espalhado através da transmissão oral (famoso boca a boca).
 
- Muitas festas populares, que ocorrem no mês de Agosto, possuem temas folclóricos como destaque e também fazem parte da cultura popular.

TUTORIA - trabalhos acadêmicos

Buscando auxiliar a formação profissional na área educacional estamos oferecendo um novo serviço:

 
 
 
ORIENTAÇÃO EM TRABALHOS ACADÊMICOS

. A orientação de sua graduação não está sendo suficiente?
.A pressão sobre a produção do trabalho acadêmico está te fazendo desacreditar nas suas capacidades?
.Sua orientadora fala e explica e você não consegue compreender o que ela quer?
.Você não consegue acompanhar as correções que são solicitadas?
.Tem dúvidas sobre formatação, paráfrases e citações ao longo do seu trabalho?
.Não consegue fundamentar corretamente como está sendo solicitado?
.Não está conseguindo colocar suas ideias no papel?
.Está com medo do plágio e reprovação?

Entre em contato conosco pelo email >>> obancodeatividades@gmail.com<<<
verificamos o andamento de seu trabalho,
fazemos correções ortográficas,
gramaticais
e de normas da ABNT
e oferecemos acompanhamento para você compreender a técnica correta à produção de um TCC em graduação e pós-graduação e vencer essa etapa por vezes bem difícil.

Observação: não realizamos confecção de trabalho acadêmico,
apenas orientação, correção e acompanhamento do que você está produzindo num valor bem acessível!
Nosso trabalho é de segunda tutoria, ou seja, um acompanhamento profissional numa linguagem mais simples e didática para te levar à compreensão de como se faz o texto dentro do que é solicitado.

 

GINCANA - Semana da Pátria

Gincana Para a Semana da Pátria
1.Cidadania se aprende com exercícios de participação. Uma gincana requer trabalho de equipe, envolvimento, que todos se integrem e participem ativamente.2. Cooperação: ter clareza de que as idéias que vão direcionar o trabalho não serão de competição, mas de cooperação. As tarefas terão esse objetivo.3. Aprender brincando: o que se deseja é favorecer o envolvimento da comunidade (crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos) em torno de uma busca comum: crescer na consciência de que é cidadão quem participa e se envolve.4. Indignação geradora de transformação: a indignação dos descontentes não pode ficar sufocada, mas gerar energia para buscar mudanças, para decidir a lutar e trabalhar coletivamente pelas mudanças que se deseja. Entender indignação como sinônimo de trabalho ativo e não de algo desordenado.Pontuação e premiação:Ao contrário de estimular a competição, estimular a cooperação e a alegria da participação. Exemplo: pontuar pelas atitudes: a equipe que mais movimentou pessoas, que demonstrou mais alegria, criatividade. Prêmio: Exemplo: as equipes recebem sementes para serem plantadas ao final da gincana.Exemplo de tarefas1 - Montagem das equipes (mistas, integrando idades)2 - Escolha dos nomes – algo ligado ao espírito da gincana (consciência, união, solidariedade, cooperação, respeito, amizade...).3 - Exemplos de tarefas:- Entrevista com uma pessoa da comunidade, de mais ou menos 60 anos, para perguntar como era o voto no Brasil quando ela era jovem (com que idade era permitido votar, quem votava, que partidos existiam, como era o processo da eleição, o que havia de curioso...) e como isso evoluiu.- Montagem de dramatização a partir de uma música, retratando o Brasil que temos e o Brasil que queremos.- Fazer uma paródia de música conhecida, e nela falar sobre a importância do voto.- Criação de uma camiseta, com mensagem que fale de cidadania, participação.- Fazer um vídeo de cinco minutos com jovens de 16 anos, que vão votar pela primeira vez, falando de como estão se preparando para as eleições.- Gravar 10 minutos de um horário político e contar quantos partidos apareceram. Apresentar uma lista das propostas possíveis de se realizar e das que são só promessas.- Entrevistar uma ONG ou algum grupo da comunidade para conhecer qual trabalho social realiza e depois apresentar.- Encaminhar cinco crianças para fazerem o registro de nascimento.- Cada equipe organizar faixas, bandeiras e formar blocos com os excluídos da comunidade, dando voz àqueles que muitas vezes ficam esquecidos.



MINI PROJETO - Semana da Pátria

Mini Projeto Semana da PátriaJUSTIFICATIVA:A comemoração da “SEMANA DA PÁTRIA”, representa uma importante fonte de estímulos ao civismo, propiciando assim, a oportunidade de:
formar na criança o conceito Pátria;
despertar o sentimento de patriotismo;
formar atitude de respeito aos símbolos do Brasil;
desenvolver a compreensão do passado histórico e da significação da data “ Sete de Setembro”.
OBJETIVOS:
Compreender a razão dos festejos da Semana da Pátria;
Refletir sobre o que é ser patriota;
Comemorar as datas cívicas do nosso país;
Incentivar o amor à Pátria;
Conhecer melhor a nossa história;
Valorizar os símbolos da nossa Pátria;
Identificar os símbolos nacionais;
Reconhecer a Bandeira como símbolo da Pátria;
Conhecer e valorizar os direitos e deveres de todos nós, cidadãos;
Valorizar a escola como participante de grandeza da Pátria;
Despertar o civismo e o senso crítico através dos conteúdos propostos pelo Hino Nacional;

SUGESTÕES DE ATIVIDADES: Conversas, debates e discussões sobre:
o que é Pátria;
o que aconteceu no dia 7 de setembro;
a figura de D.Pedro I;
os símbolos da Pátria: a Bandeira, as Armas, o Selo, Hino;
o grito da Independência;
a vida no Brasil antes e depois da Independência;
Textos informativos, literários, poéticos;
Textos coletivos;
Álbum;
Vídeos;
Hinos: Nacional, da Independência;
Pesquisas;
Cartazes de fatos da época alusivos ao fato histórico;
Linha de tempo do Descobrimento à Independência, da Independência aos dias atuais;
Jogral;
Dramatização;
Poemas e diálogos de temas nacionais;
Mural de notícias de jornais e revistas sobre a data cívica;
Uso de mapas para a localização do Brasil;
Confecção dos Símbolos Nacionais (pintura, desenho, recorte e colagem);
Concurso de poesia;
Seleção de canções patrióticas e populares:
Canção do Soldado,
Eu te amo meu Brasil;
Confecção de: - bandeirinhas com as cores nacionais, - Bandeira do Brasil,
- cata-ventos, - estrelas e outras figuras-símbolo em verde e amarelo, distintivos em azul, branco, verde e amarelo, - viseiras para o desfile.

Informática: digitações no Word e ilustrações no Paint/Word.
Mural: "Vultos da História do Brasil"
Dividir a sala em grupos, sendo que cada um deles deverá pesquisar a biografia das pessoas mais importantes da Independência do Brasil e colocar no Mural "Vultos da História do Brasil".
Pesquisa: Propor às crianças que pesquisem nomes de pessoas que vêm elevando o nome do Brasil com seu trabalho, seja no esporte, artes, etc.
Produção Textual Lançar um concurso de produção de texto: "Brasil Pátria Querida". Pode-se confeccionar um livro reunindo todos os textos produzidos e ilustrados pelos alunos.
Sete de setembro, data tão festiva, foi a independência desta terra tão querida. É uma grande data para o meu Brasil , que hoje está liberto e cheio de encantos mil. Viva, viva, viva a independência do Brasil!




DISCO VIRTUAL - Módulo Páscoa

Precisando de atividades para a Páscoa?
Perdendo tempo com imagens sem qualidade de impressão.
Conheça como é essa pasta temática que você recebe separadamente e gratuitamente na aquisição do Disco Virtual da série que você trabalha e facilite a vida.

FOLCLORE- saci articulado








DIA DOS PAIS - porta retrato de palito de sorvete








DIA DOS PAIS - caixa camisa para presente pequeno








DIA DOS PAIS - marcador de porta para o papai







DIA DOS PAIS - cartão menina e menino Amo você








DIA DOS PAIS - cartão camisa para o papai





DIA DOS PAIS - chaveiro de carro em EVA




DIA DOS PAIS - palhacinho em EVA







DIA DOS PAIS - chaveiro de coração




DIA DOS PAIS - livro em forma de pé

Deixamos os espaços em branco para a criatividade da criança e ampliação da utilização: as crianças menores podem fazer o desenho e as maiores podem realizar atividades de escrita para homenagear o papai.













DIA DOS PAIS - bola de futebol cartão para o papai






DIA DOS PAIS - cachorro com orelha de meia

o nosso foi feito em sulfite
o ideal é fazer em cartolina para ficar mais firme











BERÇÁRIO - planejamento anual e decoração

Uma imagem vale mais do que mil palavras e por vezes, para um professor serve de ideia para que ele execute algo.

Foi postada na pasta Maternal 100 arquivos de imagens com sugestões de materiais e decorações para sala de berçário.
Dê uma olhadinha e quem sabe algo lhe seja útil para enriquecer o seu ambiente de trabalho.

Além das sugestões, foi também postada na pasta Maternal
um Planejamento anual que você poderá baixar a partir da pasta
2017

Se você ainda não tem acesso ao nosso conteúdo adquira já no cartão de crédito, boleto ou transferência através do pagseguro ou através de deposito direto no Itau (peça dados pelo email obancodeatividades@gmail.com)
O Disco Virtual de Educação Infantil já conta com um acervo de 3000 atividades
por um investimento de apenas 35 reais e lhe dará direito ao acesso gratuito a todas as novas postagens e pesquisas que realizarmos para facilitar a sua rotina de preparação de aula.